Sou o nada, mas também sou o tudo. Às vezes não sei o que sou. Quem sabe o que é de verdade?! O que sei mesmo é que dentro de mim mora uma alma, creio que isso seja o suficiente.